¿É legal apostar com uma VPN? ¿É legal apostar em Portugal?

As apostas esportivas se tornaram uma das atividades lucrativas mais procuradas pelos usuários. A possibilidade de transformar sua previsão em um prêmio em dinheiro é um dos atrativos, mas as empresas do ramo também ajudaram nesse crescimento ao apresentar plataformas online completas e bem estruturadas. Entretanto, em alguns países esse tipo de site é inacessível e uma das soluções é o uso do VPN. Confira as melhores recomendações para apostar com VPN de qualquer lugar do mundo!

O que é VPN?

VPN é a sigla para Virtual Private Network (Rede Privada Virtual). Como o nome sugere, é uma rede de conexão privada, criada para levar os dados dos usuários online sem que haja ataque de hackers ou a invasão de privacidade realizada por alguns governos autoritários. É como se o VPN fosse um “túnel” em que as suas informações podem circular de forma anônima e sem acesso de terceiros.

A utilização do VPN ficou bastante comum em empresas, pois alguns dados são sigilosos e é necessário ter cuidado para proteger essa base. Com o VPN, as empresas passaram a permitir que profissionais que trabalham remotamente se conectassem à uma rede pública, já que não há riscos de ataques ou roubos de informações.

A outra função do VPN é permitir o acesso de usuários em sites que, teoricamente, sua localização não permitiria. Nesse caso, a tecnologia “mascara” o IP do computador do usuário e este consegue passar por bloqueios regionais. Assim, pessoas que moram em países em que sites de apostas são proibidos (Um deles poderia ser Portugal), conseguem acessá-los normalmente.

VPN nas apostas online

Quando acessamos um site de apostas, nem sempre ele está liberado para o local em que residimos. Países como Portugal, por exemplo, que já conta com regras específicas de funcionamento dessas plataformas, bloqueiam as empresas que ainda não estão regularizadas. Por isso, é importante que o usuário cheque se os provedores locais estão disponíveis em seu país de residência.

Caso não esteja disponível e você goste do site, uma possibilidade é utilizar o VPN para apostar. Algumas plataformas de apostas estão em processo de licenciamento perante o governo de Portugal e de outros países, o que faz com que os usuários mais antigos não consigam acessar sua conta. Enquanto essa licença não fica pronta, o uso do VPN pode permitir o acesso – lembra que a tecnologia é capaz de “mascarar” o IP?

Entretanto, é importante lembrar que ao utilizar esse tipo de serviço, o usuário está assumindo o risco por si próprio, já que alguns provedores de apostas estão rejeitando até mesmo o VPN, com a possibilidade de congelamento da conta.  Ainda que esse seja um risco mínimo, ele existe e você precisa estar ciente.

Recomendações para apostar com VPN

Se você já pensou e considerou que a melhor opção para acessar seu site de apostas preferido é com o VPN, então separamos algumas informações que podem deixar o uso ainda mais seguro. Afinal, estamos falando de um jogo que envolve seu dinheiro. Veja a seguir algumas recomendações de VPN:

Gratuita x Privada

O serviço de VPN conta com versões gratuitas e pagas, cada uma com suas vantagens e desvantagens. De forma geral, o VPN grátis é um modelo com recursos reduzidos, como protocolos de segurança mais fracos, menos servidores disponíveis (o que faz com que você compartilhe a largura da banda larga com outras pessoas) e a presença de anúncios. Entretanto, elas costumam funcionar bem, e para que não tem a necessidade de muita velocidade e não pode gastar, pode ser uma boa alternativa.

Já a rede VPN privada conta com todos os recursos completos. Dessa forma, toda a largura da banda e os servidores são seus, sem a necessidade de compartilhar com outras pessoas. Além disso, a estrutura de segurança é bem maior, fazendo com que os riscos de descoberta de identidade ou ataques de terceiros sejam próximos à zero. A única desvantagem é que você precisa pagar para ter acesso. Cabe ao usuário verificar o que é melhor para suas necessidades, fazendo uma análise cautelosa, e assim, chegando a conclusão se prefere uma rede VPN gratuita ou Privada.

Confira os locais de saída do serviço

Muitas pessoas moram fora do seu país de origem ou viajam com frequência. Por isso, o uso do VPN é uma boa alternativa para acessar sites que ficam bloqueados em determinadas localizações – é o que acontece com os sites de apostas. Entretanto, ao contratar esse tipo de serviço, confira os locais de saída.

O que isso significa? Locais de saída são os lugares em que a empresa tem servidores. Assim, se você quiser acessar um site de apostas do Brasil, mas está em Portugal (onde essa plataforma é bloqueada), você precisa saber se o VPN tem local de saída no Brasil. Ou seja, o segredo para não ter erro nessa escolha é verificar os locais de saída.

Proteção extra

Uma das grandes funções do VPN é manter o usuário a salvo de ataques hackers ou roubos de informações. Por isso, vale a pena conferir qual é a proteção que ele oferece contra vírus e spyware. Alguns serviços incluem um programa para verificar tudo que você baixa e ter certeza que não tem nada infectado. Ainda assim, saiba que não há 100% de garantia de segurança. É importante você ficar de olho em qual plataforma acessa.

Como acessar sites de apostas com VPN?

O procedimento é simples: uma vez que você esteja utilizando um serviço de VPN no seu computador, seja gratuito ou pago, basta digitar a URL do site de apostas que você deseja e aguardar que ele seja carregado. Com o IP “mascarado” é muito difícil que o usuário não consiga acesso, porém, lembre-se: alguns servidores congelam a conta caso note que seu acesso veio por VPN como método de proteção de dados.

De qualquer forma, essa é uma boa opção para aqueles que viajam ou moram em países que não permitem sites de apostas. Assim, você não fica longe das jogatinas e não perde nenhuma chance de ter mais e mais lucro.